Portal da Família

O site para pais, mães, filhos, cônjuges, vovô e vovó, tios, sogras, amigos e todos que promovem a Família e a Vida

Política de Privacidade

Alma Despejada

Marília Pêra

Longe dos palcos desde 2014 em que interpretou uma psicóloga na peça “Meu Deus!”. Irene Ravache presenteia seu público com um texto escrito por Andrea Bassitt.

Um Monólogo que fala sobre Memória – “Alma Despejada” nos faz refletir sobre passado e futuro.

Irene da voz a personagem Teresa, uma mulher de classe média, por volta dos setenta anos que reflete sobre sua vida, sua família, valores, detalhe – ela está morta!

Sim, caro leitor além de transitar sobre seu passado, visitar sua casa antes de ser despejada como sua personagem mesma faz questão de dizer, Ierne Ravache foi muito feliz na escolha desse texto. Uma atriz que carrega em sua trajetória grandes personagens, também é reconhecida por suas opiniões e atitudes coerentes com suas convicções.

Teresa é apresentada ao público de forma simples e profunda. Seus questionamentos, refletem de forma leve e bem humorada reflexões feitas por todos nós brasileiros de um modo peculiar.

Quem de nós já não se perguntou sobre a morte? O que existe do outro lado?

Ou mesmo se iremos encontrar nossos familiares?

Teresa é uma espécie de eu coletivo que transita sobre as nossas pequenas particularidades, dando eco ao que de fato importa na vida. Sempre com delicadeza e elegância inerente a personalidade de uma atriz veterana apaixonada pelo seu ofício. Que escolheu o Teatro como porta voz de suas emoções.

Irene Ravache domina o palco a medida que sua personagem vai ganhando força e profundidade em seu questionamento na educação de seus filhos “mas será que foram criados da mesma maneira? Porque cada filho que chega encontra uma mãe diferente”.

Em sua última visita Teresa faz uma espécie de limpeza geral nas suas lembranças, porém guarda para si o que de fato faz sentido ou até mesmo ficou resguardado em sua memória.

Nos deparamos então com uma Alma Despejada!


Ficha Técnica:

Irena ravache: Teresa

Texto: Andrea Bassitt

Direção: Elias Andreato

Cenário e Figurino: Fábio Namatame

Iluminação: Hiram Ravache

Trilha Sonora: George Freire e Daniel Grajew

Violoncelo: Vana Block